16 de setembro de 2009

Jeremias 23, a infeliz realidade dos pregadores pentecostais e o desabafo de um pentecostal

Texto de Cleison Oliveira


"Não mandei os profetas; todavia, eles foram correndo; não lhes falei a eles; todavia, eles profetizaram.
(Jeremias 23. 21 - ARC)

Ontem, fazendo minha leitura devocional em Jeremias 23. 9-40, deparei-me com algo que, embora dito por Jeremias no ano 599 a.C. aproximadamente, relata de forma clara a situação caótica que se encontram alguns ditos "Ministros de Deus".

Homens mentirosos, que enganam o corpo de Cristo com alimentos que segundo eles, são ricos em vitaminas e proteínas, e na verdade, podem causar doenças sérias e mortais no corpo de Cristo! Não quero generalizar, pois usando a razão,sei que logicamente não são todos! Mas infelizmente, uma grande maioria tem se portado dessa forma.

Infelizmente, a igreja está sortida dos mais diversos animadores de palco: homens que fazem de tudo para tirar "glórias", "Aleluias" e "línguas estranhas" de um povo muita das vezes leigo, receptível a qualquer tipo de mensagem, não sabendo avaliar aquilo que é melhor para si, desprezando totalmente as palavras de Paulo: "julgai todas as coisas, retende o que é bom;" (I Ts 5. 21 - ARA).

Existem todos os tipos de animadores: uns sapateiam, outros lutam um karatê santo, e outros ainda, usam jargões mais do que ridículos, e sem nenhum respaldo bíblico como: "Recebaaa jáááá"; "a tampa da chaleira vai voar"; "Marche nesta noite com o varão de fogo", "Quem tem promessa não morre!"; "Eis que vejo um anjo passeando no meio da igreja", "Fica ligado que o VARÃO vai te tocar", e outras trocentas frases de efeito que em nada me comovem ou edificam.

Outros ainda, investem nas táticas "Espirituais" como: lançar (jogar) pessoas no chão sob o "poder de Deus" (?), mandar crentes abraçarem anjos, ou ainda, dizendo que uma "Bola de fogo" está na Igreja e irá surpreender alguém em instantes! (Coitado do indivíduo que for "Surpreendido"!!)...

As pregações pentecostais mais parecem um jogo de Futebol: se narrado com entusiasmo, o povo vai a loucura..!
Existe uns pregadores que gritam e falam tão rapidamente, que quando o povo dá "glórias" ou "aleluias", eu pergunto o motivo de tanta animação! Uns dizem que os pregadores são a boca de Deus para a Igreja, mas não creio que Deus fale tão rápido e grite tão alopradamente!

Sim, conheço um Deus que se manifesta através de um som veemente e impetuoso (Atos 2. 2); entretanto, o mesmo também se manifesta através de uma voz mansa e delicada (I Reis 19. 12b); Deus sabe de que maneira Ele quer e deve falar com o seu povo; porém, ultimamente, o povo que tem escolhido de que forma querem ouvir a "voz de Deus": NO GRITO!

Sinceramente, não consigo enxergar essas práticas, como sendo algo de Deus; o Apóstolo Paulo nos orientou que "as coisas espirituais se discernem espiritualmente" (I Co 2. 14), e a minha opinião a respeito dessas "Macaquices" cristianizadas são essas: aberrações pentecostalizadas, inconsistência/incoerência teológica, mero emocionalismo grotesco e imperdoáveis desvios doutrinários que podem arruinar toda uma vida cristã.
certa vez, disse o Pastor Eurico Bérsgten: "A falta de disciplina na Igreja comprova um enfraquecimento espiritual dos crentes que perdem, pouco a pouco, a sua sensibilidade no discernimento entre o bem e o mal".
 A minha doxologia a Deus, tem sido em agradecimento, pois o Senhor, como um Deus que zela pela sua eleita, tem erguido obreiros e blogueiros compromissados com o real evangelho da cruz, para advertir a igreja sobre essas aberrações que podem ser (em alguns casos) até "espirituais", entretanto, jamais Divinas!

A palavra de Jeremias cumpre-se em nossos dias, em que se levantam homens mentirosos dizendo: "- Eis que Ele diz", enquanto o mesmo (Deus), nada disse (Jr 23. 31b); são pessoas que "falam da visão do seu próprio coração, e não da boca do Senhor". (Jr 23. 16c);

Homens que querem ludibriar a igreja, dizendo que vêem anjos ou seres celestes na igreja, enquanto nada vêem; aliás, jamais encontrei na Bíblia, a necessidade dos anjos no culto a Deus, já que, os mesmos, adoram exclusivamente a Deus nos céus, sendo desnecessária a presença deles nos templos, ainda mais com chaves, bandejas, envelopes, e todo o tipo de objetos que você possa imaginar;

Alguns ministros, deixaram de ser pregadores e se tornaram verdadeiros lunáticos, pois a quantidade de anjos que eles vêem na Igreja é absurda!

Na minha congregação, tem um Presbítero que de vez em quando, assume a direção do "Culto de Libertação" as Quartas-Feiras, e sempre que ele toma posse do microfone, ele tem que falar que está vendo anjos na porta da Igreja ou no seio da mesma; estou prestes a lhe indicar um psiquiatra amigo meu!

Precisamos saber que, os homens de fogo, não são aqueles que ministram coisas que nos fazem cair, remexer, marchar ou pular, e sim, aqueles que, as suas palavras, refinam o homem interior!
Jesus foi um homem de fogo, pois suas palavras, aqueciam os corações dos ouvintes, e provocavam alterações em suas posturas (Lucas 24. 32).

Hoje em dia, para ser um bom pregador no meio pentecostal, basta você:
1° - saber gritar de forma enlevada;
2° - Usar frases de efeito;
3° - Falar em línguas estranhas bem alto;
4° - Apertar a cabeça de um indivíduo, até o pobre cair no chão, etc...
Mais informações, ao vivo, em um dos Congressos da GMUH...

Amados, estou cansado de cultos e sermões vazios e sem noção!
Estou cansado de prédicas que falam sobre tudo, menos sobre Deus!
Estou cansado de pregações que são tudo, menos bíblicas!
Estou cansado de ouvir, ouvir e ouvir, e simplesmente nada receber!
Estou cansado de ver pessoas que caem no meio da Igreja, se levantarem da mesma forma que caíram, com as suas doenças, problemas, pecados, etc...
Estou cansado de ouvir de "pregadores sem noção", aberrações inanimadas e surreais, que em nada me acrescentam!

Precisamos de alimento sólido, dado por ministros compromissados com o evangelho do reino!
Precisamos sair da Igreja realmente renovados e abençoados!
Precisamos ouvir uma prédica e , após ouví-la, nos conscientizarmos de nossos erros e mudarmos o nosso comportamento!

Precisamos que preguem a Bíblia na sua essência, nada mais;
O Apóstolo Pedro disse: “Se alguém falar, fale segundo as palavras de Deus!” (I Pedro 4.11), de outro modo, CALE-SE!
Segundo N. Geisler, "os enganos só podem ser corretamente medidos quando contrastamos com a verdade da infalível palavra de Deus".
Fazendo assim, talvez eu seja um pentecostal mais convicto de minha fé...


  "Converte-nos, SENHOR, a ti, e nós nos converteremos; renova os nossos dias como dantes."
   Lamentações 5. 21 - ARC
Em Cristo Jesus,

Cleison Oliveira.

4 comentários:

Anônimo disse...

Cleison Brugger,antes de falar dos pentecostaes faça uma reflexão em sua vida primeiro,por que foi atravez deles que o senhor está a onde estar e é o que é hoje,tira primeiro dos teus olho as trava para que enxergue melhoe reflita melhor os pentecostaes.amem

Cleison Brugger disse...

"Anônimo", qual é o problema de se identificar?
Não farei uma reflexão dos pentecostais, pois logo acima e você acabou de ler. Saiba que NÃO É por causa dos pentecostais que hoje estou onde estou, mas por causa do gentil trabalho do Espírito Santo em meu coração. Não dependo do pentecostalismo e vice-versa. E, ainda: o versículo citado serve bem para ti, amado "anônimo".

Paz.

♫♪ Cαíquє ℓєittє...♪♫ disse...

Não creio que pra ser um pregador Petencostal precisa das coisas citadas apenas precisa de um dom Dado pela Busca da santidade e uma vida reta perante a lei de Deus

♫♪ Cαíquє ℓєittє...♪♫ disse...

na biblia diz em Oseas 4:6

"O meu Povo esta sendo Destruido porque não mim conhece"

Postar um comentário